Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Walter Benjamin

Benjamin, Surrealismo, Anarquismo Walter Benjamin, como Theodor Adorno, deposita uma de suas preocupações na reificação geral do capitalismo e do que é feito do sujeito em tempos da égide da técnica, do produto, da máquina. Com esse avanço do consumo, … Continuar lendo Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Walter Benjamin

Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Theodor Adornor

Theodor Adorno, terceiro de nossa lista nesta série, é um dos principais materialistas dialéticos da Escola de Frankfurt, com forte influência na crítica literária brasileira em figuras como Roberto Schwarz – e de maneira análoga, Antonio Candido seguia um caminho … Continuar lendo Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Theodor Adornor

Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Lucien Goldmann

Goldmann começa seu texto “O sujeito da criação cultural” diferenciando a análise do indivíduo pela sociologia e pela psicanálise. A diferença central é que, para a primeira, o sujeito é coletivo e, para a segunda, é individual. Essa oposição é … Continuar lendo Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Lucien Goldmann

Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Roland Barthes

Daremos início a uma série de introdução à Teoria da Literatura. Serão, de início, quatro textos, falando de Roland Barthes, Lucien Goldman, Theodor Adorno e Walter Benjamin, e de como estes encaram a literatura. (em uma exceção, os textos serão semanais … Continuar lendo Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Roland Barthes

Entrevista com Regiane Winarski, tradutora de Pequenas Realidades, de Tabitha King

Recentemente, foi anunciado o lançamento da obra Pequenas Realidades (Small World, 1981), o primeiro romance da escritora norte-americana Tabitha King, a qual faz parte de uma família de escritores, sendo ela esposa do escritor Stephen King e mãe dos escritores … Continuar lendo Entrevista com Regiane Winarski, tradutora de Pequenas Realidades, de Tabitha King

Dica de leitura: ‘Ainda não há um furacão com seu nome’, de Léo Cruz

Ainda não há um furacão com seu nome é o livro de estreia de Léo Cruz, poeta porto-alegrense. Formado em Publicidade e propaganda, o autor possui poemas publicados em diversas antologias e, em 2015, venceu o 18º Prêmio Cidadão Poesia … Continuar lendo Dica de leitura: ‘Ainda não há um furacão com seu nome’, de Léo Cruz

Shakespeare, Fernão Pinto e Balzac: o lugar do trabalho nas sociedades

Para Theodor Adorno, filósofo e teórico da literatura, esta é sempre processo social decantado. O que significa isso? Significa que sempre a obra de arte, neste caso a literatura, terá marcas do contexto histórico na qual foi feita. Essas marcas … Continuar lendo Shakespeare, Fernão Pinto e Balzac: o lugar do trabalho nas sociedades