Uma sociedade distópica sem emoções e sem cores no filme ‘O doador de memórias’

O filme “O doador de memórias”, de Phillip Noyce, baseado no romance de Lois Lowry, é um filme que no título já podemos ver o recado. Há duas palavras que ao mesmo tempo em que se complementam, também são decisivamente … Continuar lendo Uma sociedade distópica sem emoções e sem cores no filme ‘O doador de memórias’

O racional e o passional no longa ‘Rush: no limite da emoção’ de Ron Howard

Não sei bem qual será a medida das palavras aqui nesta prosa. Escrevo ao mesmo tempo em que assisto o filme Rush: no limite da emoção de Ron Howard. A narrativa em alta velocidade conta fragmentos da vida de Niki … Continuar lendo O racional e o passional no longa ‘Rush: no limite da emoção’ de Ron Howard

Amor, loucura e ciência em ‘A pele que habito’ de Almodóvar

O enredo da película “A pele que habito”, de Almodóvar, nos envia a reflexões acerca do modus como nos relacionamos com o outro na contemporaneidade. O diretor, pelas ações de um médico pesquisador, faz jorrar a sanha científica que impera … Continuar lendo Amor, loucura e ciência em ‘A pele que habito’ de Almodóvar

O fim da era soviética no documentário ‘Anna, dos seis aos dezoito’ de Nikita Mikhalkov

No documentário  Anna, dos seis aos dezoito (1991), de Nikita Mikhalkov, temos um exemplo de como através da arte, o individual pode representar os dramas e anseios do coletivo. Baseados em fatos relacionados aos próprios familiares, o cineasta utilizou a … Continuar lendo O fim da era soviética no documentário ‘Anna, dos seis aos dezoito’ de Nikita Mikhalkov