Série – A teoria da literatura por seus atores II: Paul Gilroy

O multiculturalismo surge em um contexto de esgarçamento político pelo maio de 68 e pela descolonização de África e Ásia. Pressupõe um mundo globalizado e de múltiplos atravessamentos culturais que compõe as culturas e que engendram as relações multiculturais. Se … Continuar lendo Série – A teoria da literatura por seus atores II: Paul Gilroy

Série – A teoria da literatura por seus atores II: Aristóteles

Ao analiticamente sistematizar os aspectos formais e de conteúdo das peças do teatro grego (tragédia e comédia), e do gêneros épico, Aristóteles se aproxima e se afasta do seu mestre Platão. Se distancia porque não pensa necessariamente, embora faça, a … Continuar lendo Série – A teoria da literatura por seus atores II: Aristóteles

Série – A teoria da literatura por seus atores II: Platão

Retomamos a série A teoria da literatura por seus atores, mas diferente da primeira, que incluiu autores como Goldman, Barthes, Adorno e Benjamin, nessa, além de uma mini introdução neste mesmo texto, faremos um arco histórico longo: da antiguidade clássica … Continuar lendo Série – A teoria da literatura por seus atores II: Platão

Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Walter Benjamin

Benjamin, Surrealismo, Anarquismo Walter Benjamin, como Theodor Adorno, deposita uma de suas preocupações na reificação geral do capitalismo e do que é feito do sujeito em tempos da égide da técnica, do produto, da máquina. Com esse avanço do consumo, … Continuar lendo Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Walter Benjamin

Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Theodor Adorno

Theodor Adorno, terceiro de nossa lista nesta série, é um dos principais materialistas dialéticos da Escola de Frankfurt, com forte influência na crítica literária brasileira em figuras como Roberto Schwarz – e de maneira análoga, Antonio Candido seguia um caminho … Continuar lendo Série – A Teoria da Literatura por seus autores: Theodor Adorno