Relações sobre loucura e crime e as sementes da antropologia criminal no século XIX

Em meados do século XIX, Bénedict Morel, um psiquiatra francês, sugeriu que algumas pessoas poderiam ter algumas falhas biológicas em relação ao ser humano considerado normal. De acordo com a “teoria da degenerescência”, essas falhas seriam visíveis em estigmas físicos e … Continuar lendo Relações sobre loucura e crime e as sementes da antropologia criminal no século XIX