“Uma reportagem maldita (Querô)”, de Plínio Marcos

“— Te refresca saber essas bostas?” Plínio Marcos busca, por meio da palavra, o escancarar das violências. A partir das denúncias que o narrador-personagem faz, somos levados a experimentar do outro lado da espetacularização da violência, em um Brasil individualista … Continuar lendo “Uma reportagem maldita (Querô)”, de Plínio Marcos

OBRA DE ARTE DA SEMANA: O desespero da morte em A jangada da Medusa, de Géricault

Theodore Géricault, A jangada da Medusa, óleo sobre tela colocada sobre madeira, 491 x 716 cm, 1819. Conservada no Museu do Louvre, Paris, França. A jangada da Medusa (1819), de Théodore Géricault, é uma obra grandiosa, parte do acervo do … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: O desespero da morte em A jangada da Medusa, de Géricault