OBRAS INQUIETAS 30. “Bacanal” (1920), Auguste Levêque

Ceda ao descontrole. Deixe o animal tomar conta da sua pele; permita-se que todos os seus desejos saiam à tona. Mergulhe no corpo do outro como se ele fosse uma extensão do seu – submeta a vontade alheia aos seus … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 30. “Bacanal” (1920), Auguste Levêque