Ladies in Lavender: um conto de fadas na Cornualha

Ladies in Lavender, novela escrita por William John Locke e publicada originalmente no ano de 1908, conta a história de duas irmãs idosas que da noite para o dia têm o fluxo tranquilo e invariável de suas vidas interrompido por um estranho incidente.

Após uma noite tempestuosa, as duas encontram à beira do mar da Cornualha, um jovem desconhecido que, em princípio, acreditavam que estivesse morto. A chegada do estranho, que foi imediatamente socorrido e acolhido pelas duas senhoras, além de alterar a configuração familiar, trouxe à tona uma série de sentimentos desconhecidos pelas irmãs, despertando nelas uma rivalidade inédita.

O título Ladies in Lavender, retirado de um jogo de palavras baseado na expressão “Lace in lavender” – que se refere ao hábito de guardar junto às roupas ramos de lavanda seca para evitar o odor de mofo – é uma alusão à vida dessas senhoras resguardadas das emoções do mundo externo, distanciamento este percebido em diversos elementos ao longo do conto, como na descrição do local em que vivem.

“Elas viviam há muitos anos no topo de um penhasco, na costa da Cornualha, entre o mar e o céu, como duas princesas encantadas no fim do mundo, que cresceram e envelheceram esperando por um príncipe que nunca chegou.”

Em 2004, o texto ganhou uma adaptação cinematográfica, dirigida pelo ator e cineasta Charles Dance. O filme, que no Brasil foi intitulado “O violinista que veio do mar,” teve como protagonistas as atrizes britânicas Maggie Smith e Judi Dench, nos papeis de Janet e Ursula Widdington e o ator alemão Daniel Brühl, interpretando Andrea Marowski.

Autor: William John Locke
Tradutora: Fernanda Mellvee
Ilustração da capa: Aline Pascholati
Número de páginas: 48
Formato: E-book
ISBN: 978-65-992932-1-4
Editora: Editora Berserkir
Preço de capa: R$7,00
Instagram: @editoraberserkir

Compre esse livro aqui (comprando qualquer produto na Amazon através desse link, você ajuda a manter o Artrianon e não paga nada a mais por isso).

Sobre o autor: O escritor William John Locke nasceu no dia vinte de março de 1863, em Demerara, na Guiana Inglesa. Locke foi também romancista e dramaturgo, porém, seus contos e novelas o fizeram conhecido além de seu país. Entre as suas principais obras está a coletânea Far-away Stories, que em 1808 foi publicada reunindo diversos contos, entre eles, Ladies in Lavender. William John Locke faleceu em Paris, aos sessenta e sete anos, no ano de 1930.

Sobre a tradutora: Fernanda Mellvee nasceu sob a lua nova de uma quinta-feira tempestuosa, quando ainda fazia frio em agosto. Além de escritora, é formada em Letras e Mestra em Literatura Comparada, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ela segue acreditando que a fantasia nos ajuda a enfrentar a realidade deste presente distópico.

Sobre a ilustradora: Aline Pascholati é uma artista visual brasileira diplomada em História da Arte pela Sorbonne. Fundadora do site Artrianon e do canal do YouTube Art Insider by Aline Pascholati, ambos sobre arte e cultura.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s