OBRAS INQUIETAS 57. “Retrato de Família” (1954), Dorothea Tanning

Mesmo ausente, a sombra incômoda do homem se espalha pela sala de jantar, espalhando ordens com a sua onipresença raivosa. Ela diz para a empregada: se vista de forma apropriada, isso aqui não é um puteiro; alimente o cachorro, ele … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 57. “Retrato de Família” (1954), Dorothea Tanning

OBRA DE ARTE DA SEMANA: Caminhante sobre o mar de névoa de Caspar David Friedrich

Caspar David Friedrich, Caminhante sobre o mar de névoa, óleo sobre tela, 98,4 x 74,8 cm, 1817. Conservada na Hamburg Kunsthalle, Hamburgo, Alemanha. O Caminhante sobre o mar de névoa, por vezes conhecido como Viajante sobre o mar de névoa, ou … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: Caminhante sobre o mar de névoa de Caspar David Friedrich

OBRA DE ARTE DA SEMANA: O desespero da morte em A jangada da Medusa, de Géricault

Theodore Géricault, A jangada da Medusa, óleo sobre tela colocada sobre madeira, 491 x 716 cm, 1819. Conservada no Museu do Louvre, Paris, França. A jangada da Medusa (1819), de Théodore Géricault, é uma obra grandiosa, parte do acervo do … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: O desespero da morte em A jangada da Medusa, de Géricault