Visitantes nus apreciam nus artísticos em museu no Canadá

Publicado originalmente no Literatortura em março de 2015

Não, não é nenhuma espécie de jogo sexual e também não é a primeira exposição do gênero.

O THEMUSEUM na cidade de Kitchener, Ontário, abriu no final de março a mostra Getting Naked (Ficando Nu, em tradução livre), em cuja inaguração os visitantes foram convidados a apreciar as obras desprovidos de peças de roupas.

A mostra foi organizada usando peças do Canada Concil Art Bank, o maior banco de obras de arte contemporâneas de artistas canadenses que são alugadas ou emprestadas para serem mostradas em espaços públicos, empresas e outros locais particulares. Segundo dados do próprio fundo as obras representando nus são raramente exibidas, possivelmente por medo de ofender alguém e, acredito, manter o ambiente neutro, sobretudo em ambientes corporativos.

Além de os visitantes estarem em harmonia com as obras, se tornando parte delas, segundo a parte do site do museu dedicada à exposição, a ideia seria questionar o tabu acerca da nudez, algo natural e até mesmo venerado, por exemplo, no caso dos atletas na Grécia Antiga, mas que acabou sendo ligado unicamente à sexualidade em algum momento da História. Como nos recorda o texto explicativo, os antropólogos não estão certos de em que momento exato os homens começaram a se vestir, mas esse gesto teria sido ligado mais à proteção às severidades do clima do que à modéstia ou vergonha do seu corpo. Vergonha do corpo que atualmente não é somente ligada à sexualidade, mas também à falta de confiança e ao medo das suas imperfeições – temores compreensíveis em um mundo onde a perfeição é midiatizada, e, aliás, no qual esta foi pintada e venerada muito antes do tempo das revistas de moda.

Seriam somente as obras mostrando belas e jovens mulheres, frequentemente com um ar bastante sensual, que merecem ser mostradas? A obra de Donigan Cumming, de 1992, na qual figura a mãe do artista, idosa, mostrando seus seios caídos está aí para mostrar que não, e quebrar os paradigmas e ideias pré-concebidas a cerca da beleza e da nudez.

Em minha opinião, adentrar nu em uma mostra, poderia também demonstrar a intenção do espectador de se despir de todo conhecimento prévio e apreciar as obras pelo que elas são, sem preconceito.

Fontes:

http://www.jn.pt/multimedia/galeria.aspx?content_id=4481788

http://www.downtownkitchener.ca/en/pages/OWN-IT-Getting-Naked.asp

http://www.cbc.ca/radio/asithappens/as-it-happens-friday-edition-1.3003183/canadian-nude-art-exhibit-challenges-national-prudishness-1.3003380

http://www.themuseum.ca/blog/themuseum-exhibitions-viewing-nude-art-while-nude

http://artbank.ca/home

Revisado por Duda Delmas

2 comentários sobre “Visitantes nus apreciam nus artísticos em museu no Canadá

Deixe uma resposta para RLocatelli Digital Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s