Ladies in Lavender e o violinista que veio do mar

Ladies in Lavender, o conto escrito por William John Locke, publicado originalmente no ano de 1908, conta a história de duas irmãs idosas que, da noite para o dia, têm o fluxo tranquilo e invariável de suas vidas interrompido por um estranho incidente.

Após uma noite tempestuosa, as irmãs Janet e Ursula Widdington encontram à beira do mar da Cornuália um jovem desacordado, que mais tarde descobrem se tratar de Andrea Marowski, um imigrante oriundo do Leste Europeu e único sobrevivente do naufrágio que ocorre nas proximidades de sua residência.

A chegada do desconhecido, que foi imediatamente socorrido pelas duas senhoras, além de alterar a configuração familiar que durante mais de duas décadas estava composta pelas irmãs e pela empregada Dorcas, trouxe à tona uma série de sentimentos confusos, despertando nas duas uma rivalidade inédita. O talento para a música, descoberto quando o jovem demonstrou grande habilidade com o violino de um visitante, também se constituiu num dos elementos que exerceu um grande fascínio, tanto nas irmãs, quanto nos demais moradores da região.

O título Ladies in Lavender retirado de um jogo de palavras baseado na expressão “Lace in lavender”, que se refere ao hábito de guardar junto as roupas ramos de lavanda seca para evitar o odor de mofo, é uma alusão à vida dessas duas senhoras resguardadas das emoções do mundo externo, percebida em diversos elementos ao longo do conto, como na descrição do local em que vivem.

No ano de 2004. Ladies in Lavender ganhou uma adaptação cinematográfica homônima. O filme “Ladies in Lavender” foi produzido e dirigido pelo ator e cineasta Charles Dance, tendo nos papeis principais as consagradas atrizes britânicas Judi Dench, interpretando Ursula Widdington e Maggie Smith, como Janet Widdington e como o violinista Andrea Marowski, o ator alemão Daniel Brühl. O diretor soube perfeitamente captar a essência fantástica do conto, o transpondo para as telas do cinema em um filme de rara beleza estética e sensibilidade poética.

Trailer do filme: https://www.youtube.com/watch?v=N8LKGIPn0FI

Referências:

DANCE, C. O violinista que veio do mar. Inglaterra: UK Film Council, 2004

LOCKE, W.J. “Ladies in Lavender” in: Far Away Stories. London: John Lane Company, 1919.

Referência de imagem:

http://www.bbc.co.uk/programmes/b0148wk1

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s