Conheça “Katla”, a série islandesa que é sucesso no Netflix

Recentemente, a série islandesa, “Katla”, estreou na plataforma Netflix, trazendo ao público uma trama que mistura ficção científica, relações familiares conflituosas, repleta de referências ao folclore escandinavo.

O título é também o nome de um vulcão que entra em erupção em Vik, ao sul da Islândia, deixando a cidade devastada. Os poucos moradores que não abandonam o local vivem em meio a dificuldades impostas pela constante ameaça de Katla, bem como enfrentam as consequências da última erupção, como as constantes tempestades de cinzas, ou a contaminação dos alimentos por gazes e vapores tóxicos.

Certo dia, neste ambiente de insegurança e privações, os personagens são impactados com a chegada de pessoas cobertas de lama e cinzas, que seriam antigos moradores da região, que estavam desaparecidos desde a última erupção e que já haviam sido considerados mortos por suas famílias. Porém, estes sobreviventes revelam novas características que em princípio foram confundidas com sintomas de estresse pós-traumático, mas que aos poucos revelam pistas sobre o mistério que envolve não só os que haviam desaparecido, mas também, os seus núcleos familiares.

Entre os protagonistas, temos a jovem Grima (Guðrún Ýr Eyfjörð), uma mulher depressiva que após assistir ao suicídio da mãe, sofre com o desaparecimento da irmã; Ása (Íris Tanja Flygenring), irmã de Grima, que retorna após ter sido dada por morta pela família; Gunhild, (Aliette Opheim) uma antiga funcionária de um hotel local, que após anos vivendo na Suécia, decide voltar à Vik, após ter sido comunicada de que fora encontrada uma mulher com seu nome e com suas caraterísticas físicas entre os sobreviventes da última erupção; o geólogo Darri, cuja vida tumultuada orbita entre o casamento conflituoso e a perda do único filho, e o delegado Gísli, um fanático religioso, com um temperamento explosivo, que divide o seu tempo entre os casos misteriosos de desparecimento e os cuidados com a esposa, uma doente terminal e Þór, um mecânico que vive recluso com seus gatos, para evitar conflitos com as filhas Ása e Grima, que o culpam pelo suicídio da mãe. No passado, Þór teve um caso extraconjugal com Gunhuld, que teve um filho, Björn (Valter Skarsgård).

Dirigida por Baltasar Kormákur, “Katla”, com seus dramas familiares, elementos sobrenaturais e um enredo repleto de mistério, que se desenrola nas belas e sombrias paisagens do sul da Islândia é, sem dúvidas, uma das séries mais promissoras lançadas neste ano.

Confira o trailer da série:

https://www.youtube.com/watch?v=X9zZl5nov68&ab_channel=Netflix

Compre os livros e traduções de Fernanda Mellvee, autora desse post, aqui (comprando qualquer produto na Amazon através desse link, você ajuda a manter o Artrianon e não paga nada a mais por isso.)

Um comentário sobre “Conheça “Katla”, a série islandesa que é sucesso no Netflix

Deixe uma resposta para Di Benedetto Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s