Dica de filme: ‘Um menino chamado Natal’

Hoje vim falar sobre uma descoberta da Netflix que foi um achado! Quem me conhece sabe que nesta época eu tenho o costume de fazer uma maratona de filmes de Natal (inclusive, minha mãe e eu escrevemos um texto para o Artrianon no ano passado sobre a nossa maratona), e este filme do qual falarei agora nos era desconhecido.

Baseado no romance homônimo de Matt Haig, “Um menino chamado Natal” conta com atores e atrizes como Maggie Smith, uma das mais talentosas e reconhecidas da Inglaterra, o ator mirim que brilhou em seu primeiro filme, Henry Lawfull, Jim Broadbent, entre outros.

O filme começa com a chegada de uma senhora para cuidar de três crianças na noite de Natal. As crianças ficam contrariadas, porque não gostam dela e acham as suas histórias chatas. Mas neste ano, ela conta a história de um menino chamado Nikolas e a magia do Natal. 

Nikolas é um menino que vive sozinho com seu pai, o lenhador Joel, numa cabana na floresta. Numa noite, um ratinho aparece na cabana, e Nikolas impede o seu pai de matá-lo, ficando com o camundongo e o apelidando de Miika. O garoto logo começa a ensinar o ratinho a falar, acreditando que nada é impossível. 

Certo dia, Nikolas, seu pai e Miika foram até a cidade e o rei propôs um desafio para todo o reino: trazer de volta a esperança e a magia. 

Quando voltam para casa, Anders, um caçador, visita o pai de Nikolas perguntando se ele queria embarcar nesta expedição do rei. Ele aceita e o garoto fica muito chateado e revoltado, porque ele ficaria sozinho e a recompensa que o rei daria não interessava a ele, o que realmente importava era ter o seu pai por perto. 

Mesmo assim, o pai do menino vai embora, deixando a sua tia Carlotta cuidando dele. Assim que o pai dele se despede, a tia começa a agir de maneira estranha, expulsando Nikolas de casa, deixando-o passar fome e fazendo muitas outras maldades. 

Cansado desse tratamento, o menino resolve ir atrás do seu pai para levar um mapa que ele encontrou dentro do seu gorro, uma das lembranças deixadas por sua falecida mãe. O mapa levava até a Vila dos Duendes, lugar que o seu pai procurava.  

Nikolas e seu camundongo falante Mikka partem para esta aventura, cheia de duendes, renas voadoras e conflitos, tudo para encontrar o seu pai e trazer a magia para o mundo. Não posso dar mais spoilers, mas garanto que o destino de Nikolas é mágico.

Recomendo muito essa “jornada do herói”, vale muito a pena desbravar o mundo com esses personagens, e você fica tão envolvido que sente que faz parte desta história. Com certeza, esse filme se tornará um clássico aqui em casa, fará parte da nossa maratona todos os anos.

Comprando qualquer produto na Amazon através desse link, você ajuda a manter o Artrianon e não paga nada a mais por isso. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s