Obras Inquietas 62. “Anima dannata” (1619), Gian Lorenzo Bernini

Não escutamos o grito, mas conseguimos imaginá-lo: retumbante, assombroso, com toda a dor congelada no momento exato, terrível, que se preparava para sair dos lábios ressequidos e ganhar o mundo. Os olhos arregalados até quase saltarem das órbitas, a fronte … Continuar lendo Obras Inquietas 62. “Anima dannata” (1619), Gian Lorenzo Bernini

Os laços desfeitos de Guerássim no conto “Mumu”, de Ivan Turguêniev

O conto Mumu, de Ivan Turguêniev retrata a vida do humilde Guerássim, um camponês levado contra a própria vontade a Moscou para trabalhar como servo doméstico. Homem forte e capaz de realizar sozinho o trabalho de vários mujiques, porém surdo … Continuar lendo Os laços desfeitos de Guerássim no conto “Mumu”, de Ivan Turguêniev

OBRAS INQUIETAS 28. “Retrato de um coração” (2013), Christian Schloe

Queima como o inferno. Por mais que você tente esquecer, não consegue: está ali, uma chaga viva, cada mínima memória despertando novas dores e ressuscitando as chamas dos gestos não realizados. Tenta pensar em outra coisa, mas a imagem do … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 28. “Retrato de um coração” (2013), Christian Schloe

OBRAS INQUIETAS 14. “Mulher chorando” (1937), Pablo Picasso

“Mulher chorando” (1937), Pablo Picasso Quantas lágrimas são necessárias para que um lamento se transforme em uma enxurrada? Não existe medida correta para algo virar dor ou tornar-se desespero. A mulher se preparou para uma festa: colocou seu melhor casaco, … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 14. “Mulher chorando” (1937), Pablo Picasso