Esboço nu de Mona Lisa é encontrado na França

Um desenho de carvão preservado em uma coleção de arte por mais de 150 anos pode ter sido um esboço para a Mona Lisa, diz um especialista em arte francês.
O retrato de carvão de uma mulher nua, conhecida como Monna Vanna, era anteriormente atribuído apenas ao estúdio de Leonardo da Vinci. Mas os especialistas encontraram indícios suficientes para sugerir que o artista trabalhou em ambos.
Após testes no Museu do Louvre em Paris, os curadores acreditam que o esboço é “pelo menos em parte”, de Leonardo.
A obra tem sido mantida desde 1862 na coleção de arte renascentista no Conde Museum no Palácio de Chantilly, ao norte da capital francesa.
Leonardo da Vinci (1452-1519) foi um dos grandes pintores do Renascimento italiano, e sua pintura a óleo Mona Lisa (também conhecida como La Gioconda) continua a ser uma das obras de arte mais reconhecidas e valiosas do mundo. Acredita-se que tenha sido uma comissão do comerciante de roupas e do oficial florentino Francesco del Giocondo para um retrato de sua esposa, Lisa Gherardini.

Mas Leonardo não era canhoto?

“O desenho tem uma qualidade na forma do rosto e das mãos que é realmente notável”, disse o curador Mathieu Deldicque à agência de notícias AFP.
“Não é uma mera cópia ou rascunho. Está diante de nós algo que foi trabalhado em paralelo com a Mona Lisa no final da vida de Leonardo”. Ele acrescenta “É provavelmente um trabalho preparatório para uma pintura a óleo”.
O especialista em conservação do Louvre, Bruno Mottin, confirmou que data da vida de Leonardo, no início do século 16, e é de “qualidade muito alta”. O Domaine de Chantilly publicou uma foto do trabalho que está sendo feito no esboço, na conta do Twitter.

Entre as pistas apresentadas por Deldicque:
-As mãos e o corpo são quase idênticos
-Os retratos são quase do mesmo tamanho
-Pequenos orifícios perfurados ao redor da figura sugerem que pode ter sido usado para rastrear sua forma em uma tela.
No entanto, o Sr. Mottin apontou que a incubação no topo do desenho perto da cabeça tinha sido feita por uma pessoa destra enquanto Leonardo desenhava com a mão esquerda.
“Devemos permanecer prudentes”, disse ele à AFP, conforme o trabalho é prosseguido. “É um trabalho que vai levar algum tempo”, disse ele. “É um desenho muito difícil para trabalhar porque é particularmente frágil”.

Somando-se às breves informações dadas sobre o esboço, é possível propor um breve exercício aqui: o enfoque do esboço é justamente o gesto das mãos entrelaçadas. É válido lembrar que o trabalho de atelier significa compor vários esboços, por vezes totalmente diferentes da figura final, para assim, aos poucos, o artista conseguir desenvolver os detalhes que estarão na obra desejada. No caso, o esboço tem apenas a alusão à postura da Mona Lisa e à ideia das vestes, com o tronco mais inclinado e as expressões faciais muito distintas da personagem icônica. O destaque é realmente o gesto que será utilizado depois. Além disso, é possível notar que o rosto da personagem lembra as feições de outras figuras de Leonardo como a Madona das Rochas ou São João Batista, e que pode ter sido um estudo da estrutura corporal da personagem, para depois poder inserir a roupa de modo que ficasse equilibrado com as vestes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: BBC News  e NotaTerapia 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s