OBRA DE ARTE DA SEMANA: ‘Autorretrato’, de Nadar


Nadar (Gaspard Félix Tournachon), Autorretrato, cópia em papel salgado a partir de negativo de vidro, 20,5 x 17 cm, cerca de 1855. Conservada no The J. Paul Gerry Museum, Los Angeles, EUA.

Gaspard-Félix Tournachon ou Nadar – apelido com o qual assinava suas caricaturas litográficas e nome pelo qual ficou famoso – foi um caricaturista, escritor e fotógrafo conhecido por seus retratos mais naturais do que os convencionais da época. Sua habilidade em cativar seus modelos e captar algo mais do que apenas sua imagem, ou seja, vislumbres de sua personalidade, o tornou muito procurado, tendo fotografado grandes personalidades da época, de reis a atores, artistas, músicos e escritores, entre eles Delacroix, Victor Hugo, Dumas, Debussy e muitos outros.

Entretanto, seus autorretratos foram também muito prolíficos e tornam-se obras por si só, nos permitindo perceber algo da personalidade intensa desse homem plural, que foi, inclusive, balonista e um dos primeiros a se interessar por fotografia aérea, além de ativista político e até mesmo contrabandista. Acredito que, talvez, por se fotografar com tanta frequência que ele tenha se tornado um retratista tão bom.


Autorretrato girando, 1865.

Na imagem que estudamos hoje, Nadar se apresentou às lentes de sua própria câmera como um artista romântico, em uma época na qual já era reconhecido em suas atividades, sendo, inclusive, elogiado por sua habilidade técnica como fotógrafo. De fato, podemos ver que o emprego da luz artificial – suas fotos geralmente eram tiradas dentro de seu estúdio – é magistral nessa fotografia, vindo da lateral e criando um jogo de luz de sombra, e acentuando o brilho de seus cabelos. As mãos estão perfeitamente posicionadas, mas sem parecerem forçadas. Seu olhar é penetrante e traduz a força de sua personalidade intensa e excêntrica.

 

Bibliografia/Links:

Ian Haydn Smith, Breve história da fotografia, São Paulo, Editora Gustavo Gili, 2018. Trad. Edson Furmankiewicz.

Luciano de Sampaio Soares, “Do Autorretrato ao Selfie: um histórico da fotografia de si mesmo” in Tuiuti: Ciência e Cultura, Curitiba, N. 48 (2014), p. 179-193. http://universidadetuiuti.utp.br/Tuiuticienciaecultura/ciclo_4/tcc_48_hist_da_ccao/pdf_48/art_12.pdf

“Self-Portrait” in The J. Paul Getty Museum, [Online]. Consultado em 20/05/2019.
http://www.getty.edu/art/collection/objects/39016/nadar-gaspard-felix-tournachon-self-portrait-french-about-1855/

Fontes das imagens:

http://www.getty.edu/art/collection/objects/39016/nadar-gaspard-felix-tournachon-self-portrait-french-about-1855/

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f0/Autoportrait_tournant_Nadar_c.1865.jpg

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s