Você sabe como quebrar a maldição de um dragão?

Hoje, eu vim falar sobre o quarto livro da série Como treinar o seu dragão (que, por acaso, eu já comentei aqui), o Como quebrar a maldição de um dragão, de Cressida Cowell. O livro acabou se tornando um filme da DreamWorks, em 2010.

Como quebrar a maldição de um dragão tem uma conexão incrível com os outros livros da série, principalmente, com o Como falar Dragonês, que teve sua primeira edição em outubro de 2010. Vou resumir Como falar dragonês, para explicar melhor a conexão entre esses 2 livros.

Neste livro, o Soluço, que é o personagem principal, é capturado por Romanos, junto com seu melhor amigo, Perna-De-Peixe. Desde então, ele é levado para um forte sinistro. Lá, ele conhece Camicazi, que era herdeira de uma tribo rival dos Hooligans, as “ladras do pântano”. Eles viram amigos e, com muitas tentativas, conseguem fugir. Mas, enquanto fugiam, a Vorpente Venenosa (um tipo de dragão, mas especificamente, um nanodragão) pica um dos personagens.

E agora vou falar sobre Como quebrar a maldição de um dragão.

Era inverno em Berk. Eles realizavam a expedição de caça com arco e flecha sobre esquis. Camicazi, Soluço e Perna-De-Peixe agora são eram muito amigos.

Mas algo estava errado. Perna-De-Peixe andava muito mal, ele estava ficando maluco, com um aspecto mais feio que o normal e com muitos outros sintomas. No bate-bastão, ele havia humilhado até Stoico, o imenso, chefe dos Hooligans e pai do Soluço. Soluço leva Perna-De-Peixe até Velho Enrugado, o avô de Soluço, o mais sábio da tribo dos Hooligans, e que depois de velho realizava profecias. O Velho Enrugado disse a Soluço que o seu amigo tão querido, estava com Vorpentite, uma doença fatal, e só tinha uma opção, uma única cura… para os Hooligans e para o resto do mundo parecia uma cura maluca. A cura estava na América, local que todos achavam que não existia. Apenas o pai de Norberto, o demente, chefe dos Histéricos, havia chegado lá! Ele tinha pego o vegetal que todos julgavam ser imaginário. Só o Norberto tinha o vegetal e estava congelado, lá em Histeria. Eles eram rivais dos Hooligans. Mas, com todos os motivos para não ir até lá, em Histeria, Soluço foi. Ele tinha apenas dez horas para salvar seu melhor amigo. Caso contrário, Perna-De-Peixe morreria sexta-feira às dez da manhã.

Stoico o proibiu, mas Soluço foi em busca, mesmo sem a autorização do pai, com sua amiga Camicazi e com o Banguela, seu dragão. “Nada é im-POSSÍVEL. Apenas im-PROVÁVEL” ele repetia pra si.

Eles tiveram que lutar com os Histéricos muitas vezes, mas conseguiram pegar a batata, graças a Thor. No caminho, um dragão come o vegetal (que no caso era uma batata), o Garra da Destruição, a maldição de Histeria… Faltava muito pouco tempo, e Soluço fica realmente mal… Então, ele chega a Berk, explicando pra Velho Enrugado e Perna-De-Peixe o ocorrido. Mas o Velho Enrugado disse para Soluço que, no fim das contas, seu melhor amigo estava apenas com um forte resfriado e não com Vorpentite. Faltavam 5 minutos para às dez da manhã e, então, Soluço ficou paralisado. Em seguida, descobriram que ele estava com Vorpetite, e não o Perna-De-Peixe. O fim, é claro, eu não vou contar, só lendo para saber. É ótimo, recomendo MESMO. É um dos meus livros favoritos da série. “Nada é im-POSSÍVEL. Apenas im-PROVÁVEL”.

 

Compre o livro Como quebrar a maldição de um dragão aqui (comprando qualquer produto através desse link, você ajuda a manter o site e não paga nada a mais por isso).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s