OBRA DE ARTE DA SEMANA: ‘Azulejões’ de Adriana Varejão


Adriana Varejão, Azulejões, instalação com 100 telas de 100 x 100 cm, óleo e gesso sobre tela, 2000. Coleção particular.

Os azulejos são uma marca visual forte no trabalho de uma das mais famosas artistas brasileira contemporâneas. Adriana Varejão começou a usar essa imagem em seu trabalho a partir de uma viagem que fez a Ouro Preto e entrou em contato com a arte barroca do período colonial e a azulejaria portuguesa.

Na obra Azulejões, uma instalação composta de 100 telas de 100 x 100 cm cada uma, vista da maneira que foi exposta no CCBB Rio de Janeiro, em 2000, os azulejos são gigantes e formam um turbilhão azul que remete ao mar, exatamente o elemento de ligação entre o velho e o novo mundo, sendo a relação entre Brasil e Portugal no período colonial um elemento importante que permeia sua reflexão artística.  Assim, a instalação é muito próxima daquela que faz parte da coleção permanente do Inhotim, Cecalanto Provoca Maremoto, de 2004-2008; o cecalanto sendo um peixe que existe desde a Pré-História e faz pensar em tempos imemoriais e a ideia de caos primitivo.


Adriana Varejão, Cecalanto Provoca Maremoto, instalação com 184 telas de 110 x 110 cm, óleo e gesso sobre tela, 2000. Conservada no Instituto Inhotim, Brumadinho-MG, Brasil.

O que vemos em Azulejões é justamente um caos de imagens, principalmente ondas, inspiradas de azulejos de fachadas pelo país, fotografados pela artista, e posteriormente desenhados e pintados por ela em telas com uma preparação prévia em gesso, que cria o efeito “craquelado” que imita a textura do azulejo. Inclusive, a textura é muito presente em seu trabalho, que, frequentemente, brinca com as fronteiras entre pintura e escultura.

É interessante notar que a composição foi pensada para que os diversos fragmentos não “se encaixassem” ou se completassem quanto ao seu desenho. A ideia é reproduzir o que a artista notou que aconteceu algumas vezes durante a restauração de uma parede de azulejos barroca: o azulejo quebrado sendo simplesmente substituído por um pedaço que não tem nada a pintura original.

Ainda, pode-se perceber que as formas sinuosas representadas nesses azulejões lembram a melodia, enquanto que os contornos das telas fazem alusão à pauta, sendo que a montagem das telas dessa maneira foi pensada para que os olhos sigam as curvas em um movimento quase musical.

Quando o espectador se depara com essa instalação de grandes dimensões, que brinca com a noção de arquitetura, como acontece com frequência no trabalho da artista, essa onda desordenada em azul nos engole, nos arrebata.

Bibliografia / Links:

Marcos Moraes, Adriana Varejão, São Paulo, Folha de São Paulo – Instituto Itaú Cultural, 2013.

“Adriana Varejão expõe no CCBB” in Estadão, [Online]. Consultado em 17/06/2019.
https://cultura.estadao.com.br/noticias/geral,adriana-varejao-expoe-no-ccbb,20010204p8750

 “Adriana Varejão” in Itaú Cultural, [Online]. Consultado em 17/06/2019.
http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa17507/adriana-varejao

 “Celacanto provoca maremoto” in Inhotim, [Online]. Consultado em 17/06/2019. https://www.inhotim.org.br/inhotim/arte-contemporanea/obras/celacanto-provoca-maremoto/

“Galeria Adriana Varejão” in Inhotim, [Online]. Consultado em 17/06/2019. https://www.inhotim.org.br/inhotim/arte-contemporanea/obras/galeria-adriana-varejao/

Fonte das imagens:

http://obviousmag.org/pintores-brasileiros/adriana_varejao/os-azulejos-de-adriana-varejao.html

https://pintores.folha.com.br/adriana_varejao-volume_05.html

 

Comprando qualquer produto através desse link, você ajuda a manter o site e não paga nada a mais por isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s