OBRAS INQUIETAS 28. “Retrato de um coração” (2013), Christian Schloe

Queima como o inferno. Por mais que você tente esquecer, não consegue: está ali, uma chaga viva, cada mínima memória despertando novas dores e ressuscitando as chamas dos gestos não realizados. Tenta pensar em outra coisa, mas a imagem do … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 28. “Retrato de um coração” (2013), Christian Schloe

OBRA DE ARTE DA SEMANA: Caminhante sobre o mar de névoa de Caspar David Friedrich

Caspar David Friedrich, Caminhante sobre o mar de névoa, óleo sobre tela, 98,4 x 74,8 cm, 1817. Conservada na Hamburg Kunsthalle, Hamburgo, Alemanha. O Caminhante sobre o mar de névoa, por vezes conhecido como Viajante sobre o mar de névoa, ou … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: Caminhante sobre o mar de névoa de Caspar David Friedrich

OBRAS INQUIETAS 24. “Garota comendo pássaro (O prazer)”, 1927, René Magritte

“Garota comendo pássaro (O prazer)”, 1927, René Magritte A liberdade é quente e tem o gosto pastoso de sangue. Nas mãos da assassina, impregnadas de fúria contida, o pássaro agoniza em espasmos de dor, a vida se esvaindo em penas … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 24. “Garota comendo pássaro (O prazer)”, 1927, René Magritte

OBRA DE ARTE DA SEMANA: O desespero da morte em A jangada da Medusa, de Géricault

Theodore Géricault, A jangada da Medusa, óleo sobre tela colocada sobre madeira, 491 x 716 cm, 1819. Conservada no Museu do Louvre, Paris, França. A jangada da Medusa (1819), de Théodore Géricault, é uma obra grandiosa, parte do acervo do … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: O desespero da morte em A jangada da Medusa, de Géricault