Amor, loucura e ciência em ‘A pele que habito’ de Almodóvar

O enredo da película “A pele que habito”, de Almodóvar, nos envia a reflexões acerca do modus como nos relacionamos com o outro na contemporaneidade. O diretor, pelas ações de um médico pesquisador, faz jorrar a sanha científica que impera … Continuar lendo Amor, loucura e ciência em ‘A pele que habito’ de Almodóvar

OBRA DE ARTE DA SEMANA: Símbolos e política em ‘As idades do homem’ de Caspar David Friedrich

Caspar David Friedrich, As idades do homem ou As etapas da vida, óleo sobre tela, 73×94 cm, 1834. Conservada no Museum der bildenden Künster, Leipzig, Alemanha. A alegoria das idades do homem ou etapas da vida é um tema frequente … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: Símbolos e política em ‘As idades do homem’ de Caspar David Friedrich

OBRA DE ARTE DA SEMANA: Cena do massacre dos inocentes, de Léon Cogniet

Léon Cogniet. Scène du massacres des innocents, 1824 O quadro Cena do massacre dos inocentes, de Leon Cogniet (1824), é um retrato doloroso e atemporal da ameaça da morte nas guerras. O seu contexto é específico e bíblico, mas a … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: Cena do massacre dos inocentes, de Léon Cogniet