O Transtudio de Ricardo Abreu Borges na Casa Cor SP

No fim deste mês chega ao fim a 32º edição da Casa Cor São Paulo, e como ainda dá tempo de conferir os 82 ambientes da mostra, vou falar sobre um projeto bem bacana que me chamou muito atenção e achei que merecia um texto só pra ele, por isso o deixei de fora dos “10 ambientes para visitar na Casa Cor São Paulo 2018”.

Como já falei no texto anterior, o tema da Casa Cor esse ano foi “casa viva”, e com isso encontramos diversos ambientes repletos de natureza e alguns até com árvores posicionadas no meio das salas. Mas Ricardo Abreu Neto interpretou a casa viva de uma forma diferente. Através do Transtudio, pensado para uma jornalista transexual, Ricardo nos trás o que há de mais vivo e fascinante, um ser humano se autoconhecendo, algo bastante difícil nos tempos atuais, onde não temos mais “tempo” para enxergarmos a nós mesmo.

 

Ao som de um violino, entramos no clima do projeto quando nos deparamos com esse espaço, já no meio do percurso da mostra. Composto por living, quarto, área de trabalho e banheiro, todos integrados, os elementos do projeto nos trazem sentimentos e sensações vividos por sua inspiradora.

As paredes de boiserie rosa, por exemplo, trazem feminilidade, que por sua vez é contrastada pelo teto em azul marinho, representando a tensão existente. O banheiro, que está totalmente aparente de qualquer ângulo do estúdio, faz com que o corpo seja exposto e visto pelo biombo espelhado, trabalhando a autoaceitação. Ainda no banheiro, revestimento em hexágonos invadem o piso amadeirado e as paredes cor-de-rosa, representando arquitetonicamente a transição vivida pela jornalista.

Quanto aos elementos decorativos, também temos muita feminilidade e elegância. A Poltrona Cigarra Alta de Marcos Maia e Gilmar Mazari para Dunelli Casa, na cor verde, contrasta com o cor-de-rosa das paredes de forma bem atual. O Pendente Brown, assinado pelo Estúdio Cristina Bertolucci, composto por alto-falantes harmonizam com o som ambiente e com o violoncelo posicionado junto à poltrona. Além do mobiliário, obras de arte trazem ainda mais significados e sentimentos ao projeto.


Poltrona Cigarra Alta


No alto, o Pendente Brown.

Serviço:

Quando:

De 22 de maio a 29 de julho de 2018
Terça a sábado, das 12h às 21h
Domingo, das 12h às 20h


Onde:

Jockey Club de São Paulo
Av. Lineu de Paula Machado, 875

Ingressos:

De terça a quinta-feira

Ingresso inteiro: R$ 60
Meia entrada: R$ 30

Sexta, sábado, domingo e feriados:

Ingresso inteiro: R$ 76

Meia entrada: R$ 38

Passaporte único: R$ 180


Estacionamento com valet:
 R$ 35

Mais informações através do telefone (11) 3037-6857 ou através do site https://casacor.abril.com.br/mostras/sao-paulo/

 

Imagens:

Aline Pascholati / Divulgação Casa Cor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s