Hushahu e a arte indígena contemporânea como alternativa ao eurocentrismo

Enrique Dussel, filósofo argentino e crítico da pós-modernidade, já havia alertado em seus textos sobre os problemas do pensamento eurocêntrico que permeia a atualidade. Para o filósofo, os saberes locais europeus são vistos como universais e é a partir desse … Continuar lendo Hushahu e a arte indígena contemporânea como alternativa ao eurocentrismo

OBRA DE ARTE DA SEMANA: A teatralidade nos Cenáculos de Virginia Panichi

Virginia Panichi, Cenacolo bianco (Cenáculo branco), fotografia (impressão lambda) sobre alumínio e acrílico, 78 x 190 cm, 2010. Virginia Panichi, Cenacolo nero (Cenáculo negro), fotografia (impressão lambda) sobre alumínio e acrílico, 180 x 112 cm, 2010. De repente, me dei … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: A teatralidade nos Cenáculos de Virginia Panichi

OBRA DE ARTE DA SEMANA: Cena do massacre dos inocentes, de Léon Cogniet

Léon Cogniet. Scène du massacres des innocents, 1824 O quadro Cena do massacre dos inocentes, de Leon Cogniet (1824), é um retrato doloroso e atemporal da ameaça da morte nas guerras. O seu contexto é específico e bíblico, mas a … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: Cena do massacre dos inocentes, de Léon Cogniet

OBRA DE ARTE DA SEMANA: INSECT FIGURA de Seth Siro Anton

Seth Siro Anton, INSECT FIGURA, arte digital, 60x60cm, 2007. Para a coluna de hoje, resolvi prestigiar o trabalho de um artista pouco conhecido do grande público de arte e que além de artista visual, também é músico. Spiros Antoniou, conhecido … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: INSECT FIGURA de Seth Siro Anton

OBRAS INQUIETAS 29. “Estátua suméria de casal diante de Deus”, Anônimo (c. 2600 a. C.)

“Estátua suméria de casal diante de Deus”, Anônimo (c. 2600 a. C.) Contemple o vosso Deus e estremeça, verme. Fique diante do Impossível; sinta a presença queimar o mundo, eviscerar as suas memórias, preencher o universo com um canto de … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 29. “Estátua suméria de casal diante de Deus”, Anônimo (c. 2600 a. C.)

OBRAS INQUIETAS 28. “Retrato de um coração” (2013), Christian Schloe

Queima como o inferno. Por mais que você tente esquecer, não consegue: está ali, uma chaga viva, cada mínima memória despertando novas dores e ressuscitando as chamas dos gestos não realizados. Tenta pensar em outra coisa, mas a imagem do … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 28. “Retrato de um coração” (2013), Christian Schloe