OBRA DE ARTE DA SEMANA: ‘TV Cello’ de Nam June Paik


Nam June Paik, TV Cello, vídeo-escultura: acrílico, madeira, cordas de baixo elétrico, três monitores CRT, fita analógica (VHS) exibida como vídeo monocanal preto e branco, sem som de 1:47:59 horas de duração, 170 x 92 x 95 cm, 1976. Conservada Art Gallery of New South Wales, Sidney, Austrália.

Nam June Paik foi um dos pioneiros da vídeo arte e participou do grupo Fluxus, que unia artistas de várias disciplinas e técnicas que eram contra ao elitismo no mundo da arte e defendiam a união desta com a vida cotidiana. Assim, vemos frequentemente nos seus trabalhos televisões, um aparelho que podia ser encontrado em todas as casas americanas na época em que criador sul-coreano imigrou para os Estados Unidos, em 1964, aos 32 anos. A popularização das câmeras filmadoras também permitiu aos artistas a possibilidade de usar a tecnologia para criar de maneira nunca antes vista.

TV Cello – cello, em inglês, significa violoncelo foi criado para que a violoncelista e artista performática Charlotte Moorman – os artistas do Fluxus, em especial Paik, se uniam com frequência para criar em conjunto –, o tocasse em suas performances, enquanto vídeos dela e de outros musicistas eram exibidos sem som nas telas do “instrumento”. O som emitido era bem diferente daquele dos violoncelos tradicionais e causa certo desconforto no espectador.


Charlotte Moorman com o TV Cello na Bonino Gallery, em Nova Iorque. Fotografia de Takahiko Limura.

https://youtu.be/-9lnbIGHzUM
Charlotte Moorman tocando o TV Cello.

Para realizar o que poderíamos chamar de vídeo-escultura, o artista retirou as televisões de suas caixas e as colocou dentro de cubos de acrílico, para que seu interior e, consequentemente, seu funcionamento, pudessem ser vistos, e prendeu cordas de baixo elétrico de maneira parecida com a que vemos em um violoncelo clássico. As únicas partes que poderiam ser do instrumento tradicional são as cravelhas, presentes na parte de cima e usadas para afinação; o cavalete, elemento que impede que as cordas encostem nas caixas; e o estandarte, no qual as cordas são presas; todos de madeira.


Cravelhas

Através do TV Cello, Paik realiza justamente um dos objetivos dos artistas do Fluxus, aproximar a dita alta cultura da cultura popular de massa, representadas, respectivamente, através do violoncelo e das televisões.

Bibliografia:

Susie HODGE, Breve história da arte moderna, São Paulo, Editora Gustavo Gili, 2019, p. 40, 142-143. Trad. Julia da Rosa Simões.
Compre esse livro aqui (comprando qualquer produto através desse link, você ajuda a manter o Artrianon e não paga nada a mais por isso).

Denys RIOUT, Qu’est-ce que l’art moderne?, Paris, Gallimard, 2000.

Michael RUSH, New Media in Art, Londres, Thames & Hudson, 2005 p. 59-61.

Links:

Aline PASCHOLATI, “OBRA DE ARTE DA SEMANA: Um mapa cultural dos EUA na video-instalação ‘Eletronic Superhighway’ de Nam June Paik” in Artrianon, [Online]. Consultado em 10/12/2019.
https://artrianon.com/2018/11/20/obra-de-arte-da-semana-um-mapa-cultural-dos-eua-na-videoinstalacao-eletronic-superhighway-de-nam-june-paik/

“TV cello” in Art Gallery NSW, [Online]. Consultado em 10/12/2019.
https://www.artgallery.nsw.gov.au/collection/works/343.2011.a-c/

Fontes das imagens:

https://www.artgallery.nsw.gov.au/collection/works/343.2011.a-c/

https://www.artsy.net/artwork/takahiko-iimura-charlotte-moorman-performing-on-nam-june-paiks-tv-cello-wearing-tv-glasses-bonino-gallery-new-york-city

Comprando qualquer produto na Amazon através desse link, você ajuda a manter o Artrianon e não paga nada a mais por isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s