A questão da morte no filme ‘A partida’, de Yojiro Takita

“Morte: a mortalidade exigida pela duração do tempo”, nos ensina Levinas em uma de suas reflexões acerca da morte. Isso nos dá uma exata dimensão da existência, ou seja, o caminhar humano medra-se pelo encontro com o precipício inarredável, a … Continuar lendo A questão da morte no filme ‘A partida’, de Yojiro Takita

OBRAS INQUIETAS – 54. “A paraguaia – Imagem de seu país desolado” (1880), Juan Manuel Blanes

O campo de batalha fede a carne queimada pelos balaços que atravessaram corpos até pouco tempo atrás repletos de vida, agora esquecidos no chão à espera do festim das moscas e do silêncio. A mulher caminha com hesitação, temendo pisar … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS – 54. “A paraguaia – Imagem de seu país desolado” (1880), Juan Manuel Blanes

Com a batuta na mão: O início da AIDS em ‘Clube de Compras Dallas’ de Jean-Marc Vallée

“Clube de Compras Dallas”. Não poderia ser mais surpreendido com um título de filme do que o sentimento causado quando do encontro com essa película. Jean-Marc Vallée abordou vários temas que carecem ser vistos com apreço necessário quando miramos o … Continuar lendo Com a batuta na mão: O início da AIDS em ‘Clube de Compras Dallas’ de Jean-Marc Vallée

OBRA DE ARTE DA SEMANA: Símbolos e política em ‘As idades do homem’ de Caspar David Friedrich

Caspar David Friedrich, As idades do homem ou As etapas da vida, óleo sobre tela, 73×94 cm, 1834. Conservada no Museum der bildenden Künster, Leipzig, Alemanha. A alegoria das idades do homem ou etapas da vida é um tema frequente … Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA: Símbolos e política em ‘As idades do homem’ de Caspar David Friedrich

OBRAS INQUIETAS 48. “Espalhados por toda a parte” (1864), Alexander ver Huell

O homem caminha com pressa, evitando olhar para os lados. Cobre o rosto, com receio de revelar o permanente ricto de terror que vinca os seus lábios em um constante gemido. Eles estão por todos os lugares. Em cada esquina, … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 48. “Espalhados por toda a parte” (1864), Alexander ver Huell

OBRAS INQUIETAS 47. “A lição de anatomia do Dr. Frederik Ruysch” (1714), Jan van Neck

Um corpo não passa de um aglomerado de órgãos, músculos e sangue impulsionados por um espírito. Por favor, esqueçam o horror enquanto presenciam a curiosidade quase sádica dos homens ao redor da mesa, para quem o cadáver da criança é … Continuar lendo OBRAS INQUIETAS 47. “A lição de anatomia do Dr. Frederik Ruysch” (1714), Jan van Neck